English version
Notícias  
19 Maio 2015
P-BIO Reforçada Elege Nova Direção com os Olhos no Futuro da Inovação em Portugal

Filipe Assoreira da Genzyme a Sanofi Company, é o novo presidente da única Associação empresarial da biotecnologia portuguesa

 Lisboa, 19 de Maio de 2015- Filipe Assoreira foi ontem eleito Presidente da Direção da Associação Portuguesa de Bioindústria (P-BIO), sucedendo assim a Nuno Arantes-Oliveira na liderança de uma associação que tem vindo progressivamente a ganhar protagonismo na inovação tecnológica em Portugal. Com mais de 15 anos de experiência na indústria bio-farmacêutica, Filipe Assoreira, Country Manager da Genzyme - a Sanofi Company, assume a liderança de uma Direção que continua a contar com André Faustino (da empresa Gene PreDiT), Simão Soares (SilicoLife) e Carlos Faro (Biocant), e na qual entra agora Sérgio Simões, presidente da Luzitin (grupo Bluepharma).

 É uma solução que garante a continuidade estratégica mas que constitui mesmo assim uma renovação importante, com pessoas que têm provas dadas no sector, tanto no que respeita às empresas multinacionais capazes de investir seriamente no país sobretudo ao nível dos ensaios clínicos como às start-ups, que têm sido o enfoque e a principal razão da existência desta associação, referiu Nuno Arantes-Oliveira, fundador de empresas como a Alfama e a Coimbra Genomics, que liderou a P-BIO entre 2011 e 2015.

Com as entradas recentes das multinacionais Pfizer e Merck, a biotecnológica PTC Therapeutics, e start-ups promissoras como a Magnomics e a BSim2, a P-BIO encontra-se em fase de franca expansão, representando quase toda a biotecnologia presente em Portugal.

A nova direção apresentou como objetivos dar continuidade ao esforço de promoção da biotecnologia portuguesa através da criação de alianças estratégicas com parceiros nacionais e internacionais, o fomento do acesso ao financiamento, o posicionamento como interlocutor de referência na discussão de legislação que, por exemplo, afecte as doenças raras e a avaliação de medicamentos, e a promoção o conhecimento e o entendimento do potencial da Bioindústria. 

Filipe Assoreira considera que a P-BIO tem tido um papel crucial na dinamização do empreendedorismo e das empresas de base biotecnológica ajudando a posicioná-las na vanguarda do conhecimento e da inovação Esta será a nossa linha orientadora e a base do nosso trabalho para os próximos 3 anos.

 PESQUISA    

Arquivo de Notícias